Google+ Followers

sábado, 4 de janeiro de 2014

Lopes-Graça


Lopes-Graça é autor de uma obra coesa e marcante, onde se fala não apenas do «ser português» mas da própria essência do ser humano, nas suas alegrias e nas suas tragédias. Suportando heroicamente e a seu próprio custo todos os obstáculos, fez música e pensou sobre a música em Portugal, confiante em que outros iriam juntar as suas vozes à dele. Ofereceu um exemplo público de integridade, advogando pela democratização de uma arte que, ainda hoje, parece estar vedada ao grande público. Era impossível que o mundo da infância não lhe interessasse. E, no entanto, para aqueles em quem a imagem de Lopes-Graça se resume às Canções Heróicas e às harmonizações corais de música tradicional, pode resultar surpreendente a ternurenta figura que se define através da audição das peças incluídas neste cd.
A séria «militância da cultura» (na expressão de António Pedro Pita) deste compositor contrasta nitidamente com estes deliciosos e expressivos momentos musicais. Lopes-Graça deixou neles a sua assinatura inconfundível, dedicando-os às crianças mas também, como é o caso de Aquela Nuvem e Outras, aos adultos que não se esqueceram de ser crianças.»
Teresa Cascudo
Texto integrado no livro que acompanha o CD



Surpreendente Lopes-Graça!
Vamos ver como o J. reage a estas canções.
Para quem conhece de trás para a frente «O carnaval dos animais» e «Pedro e o Lobo», sendo capaz de interpretar com entusiasmo, quer o rugir do leão, quer o ralhar do avô...
Tudo se pode esperar!



Sem comentários:

Enviar um comentário