Google+ Followers

domingo, 30 de novembro de 2014

O Cante Alentejano é Património Imaterial da Humanidade!

Se antes já não duvidava que alguma vez os meus netos haviam de ouvir as belas canções alentejanas, agora tenho a certeza!

Sou daquelas avós que há muito descobriu e se encantou com o belo cante!!!

Deixo aqui esta interpretação da Gota de água pela Ronda dos Quatro Caminhos


Também gosto tanto da letra...

Fui à fonte beber água
Achei um raminho verde
Quem o perdeu tinha amores
Quem o perdeu tinha amores
Quem o achou tinha sede

Dá-me uma gotinha d’água
dessa que eu oiço correr,
entre pedras e pedrinhas
entre pedras e pedrinhas
alguma gota há-de haver

Alguma gota há-de haver
Quero molhar a garganta
Quero cantar como a rola
Quero cantar como a rola
Como a rola ninguém canta

A água da fonte corre
Limpa, clara, fresca e pura 
assim correm os meus olhos
assim correm os meus olhos
 para a tua formosura

Dá-me uma gotinha d’água
dessa que eu oiço correr,
entre pedras e pedrinhas
entre pedras e pedrinhas
alguma gota há-de haver



Alguma gota há-de haver
Quero molhar a garganta
Quero cantar como a rola
Quero cantar como a rola
Como a rola ninguém canta


letra retirada de http://curlyadereaoblog.blogs.sapo.pt/tag/cante+alentejano, mas adaptada por mim à seleção feita pela Ronda dos Quatro Caminhos




O mar enrola na areia

Hoje, o Tomás, ao ver num livro o mar, começou logo a cantar....



versão infantil

Agora cantada por Jorge Palma (não sei porquê, mas não via nada esta canção a ser cantada por este cantor...). Mas fica interessante! Diferente da velha versão da Tonicha e da toada dita popular.


E agora a letra, muito completa, retirada de http://amusicaportuguesa.blogs.sapo.pt/238859.html

O mar enrola na areia
Ninguém sabe o que ele diz
Bate na areia e desmaia
Porque se sente feliz.


O mar enrola na areia
Ninguém sabe o que ele diz
Bate na areia e desmaia
Porque se sente feliz.


O mar também é casado, ai
Até o mar tem mulher
É casado com a areia, ai
Pode vê-la quando quer.


O mar também é casado, ai
Até o mar tem filhinhos
É casado com a areia, ai
E os filhos são os peixinhos.


O mar enrola na areia
Ninguém sabe o que ele diz
Bate na areia e desmaia
Porque se sente feliz.


O mar enrola na areia
....

Ó mar tu és um leão, ai
A todos queres comer
Não sei como os homens podem, ai
As tuas ondas vencer.


Ó mar que te não derretes, ai
Navio que te não partes
Ó mar que não cumpristes, ai
O que comigo tratastes.


O mar enrola na areia
....
(repete)
Ouvi cantar a sereia, ai
No meio daquele mar
Tantos navios se perdem, ai
Ao som daquele cantar.


Até o peixe do mar, ai
Depenica na baleia
Nunca vi homem solteiro, ai
Procurar a mulher feia.


O mar enrola na areia
...
(repete)

domingo, 9 de novembro de 2014

A caminho da maioridade...

Desta vez, é uma notícia de lá para cá!

Pronto! Já está!

O primeiro dente já caiu!


E bem que se atrasou, que o novo já estava à espera, bem crescidinho!!

Será que a fada dos dentes vai surpreender este menino??

Tempo de férias

Não pode faltar papel, marcadores, legos, bolas, balões...









Maças siamesas


Isto quer dizer que comemos uma, ou duas maçãs?

Como é que contabilizamos as calorias e os açúcares?!

http://avonews.blogspot.pt/ 

http://avonews.blogspot.pt/

E ainda há mais..

http://avonews.blogspot.pt/

http://avonews.blogspot.pt/

Hibisco de outono

O outono tinha acabado de chegar...
A minha rosa-da-china, o meu mimo-de-vénus, a minha flor de graxa (?!), a minha graxa-de-estudante (?!), a minha goela-de-leão, estava assim 

http://avonews.blogspot.pt/

http://avonews.blogspot.pt/

Qual a coisa qual é ela (2)

Nível 1 - Outra adivinha para os mais pequeninos
Qual a coisa qual é ela

Cai no chão fica amarela?



Qual a coisa qual é ela? (1)

Inauguro hoje a secção das adivinhas!!!
Esta é uma adivinha muito fácil. Nível 1, digamos.
Para os mais pequeninos.

Qual a coisa qual é ela?
Branco é
Galinha o põe?