Google+ Followers

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Lírio da paz



Há muito tempo que aguardava que se dignasse florescer. Finalmente, aconteceu este ano.
Uma flor singela. Solitária e linda.
E só agora, querendo mostrá-la aqui, é que lhe soube o nome...



2 comentários:

  1. Meu deus avózinha, e eu com uma data de lírios da paz abertos e sem lhes saber nome ou alcunha.Estou até envergonhada.

    Mas conheço-lhes a graça do branco radiante em pose de caule airoso e ligeiramente acima do folhedo verde (terás seguido o meu conselho e deixado que os insectos fizessem a polinização?...:)
    Vou-te investigar. Melhor: vou investigar a vida sexual das tuas flores. Mau! põe lá bolinha neste comentário.

    ResponderEliminar
  2. O que nós aprendemos, hem?
    O quotidiano faz-se desta imensa ignorância das coisas. Contenta-se em vivê-las e isso é bastante.

    ResponderEliminar